Rose cake

Um fim-de-semana com aniversário é mais um fim-de-semana com bolinho :)
A receita deste bolo é a mesma do post anterior, mas desta vez foi com recheio e cobertura de chantilly , com decorações de pasta de açúcar.
Foi a primeira vez que fiz decorações deste género. Para as flores pequeninhas usei um molde e aquelas pérolas de açúcar prateadas que se vendem em qualquer supermercado, e para as rosas grandes inspirei-me em videos no youtube, nomeadamente neste, embora não tenha feito propriamente como apresenta o video; na verdade, usei pasta de açúcar portuguesa branca, à qual juntei corantes (vermelho, para as pétalas rosa e amarelo para o botão interior) deste género, não aqueles que se vendem no supermercado (estes corantes são mais espessos e intensos, se trabalhar com os outros a pasta de açúcar vai-se tornar muito mole, viscosa e difícil de trabalhar) comecei por uma bolinha amarela, dei a forma de cone, ao qual juntei em seguida 3 pétalas, mas como não tenho muita noção da quantidade usei um molde em forma de coração para as cortar, moldei as pontas com os dedos, como o video demonstra, e depois juntei mais 5 pétalas para as 2 rosas da frente, a de cima ficou mais fechada; no final cortei o excesso que ficou em baixo de cada uma e montei-as no bolo na posição em que queria.

Acho que esta decoração é ideal para um baptizado ou para uma festa de menina com tema de princesa, fica super fofa, e muito feminina.

Ingredientes

Bolo

  • 2 chávenas de chá de açúcar
  • 4 ovos
  • 3/4 de chávena de chá de óleo
  • 3/4 de chávena de chá de achocolatado (usei Nesquik)
  • 3/4 de chávena de chá de água morna
  • 2 chávenas de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó

Calda (opcional)

  • 100 ml de licor Mozart Chocolate (ou outro licor de chocolate)
  • 50 ml de leite

Cobertura

  • 300 ml de natas frescas
  • 4 folhas de gelatina
  • ± 3 c. de sopa de açúcar
  • essência de baunilha q.b.

  

Modo de preparo 

Bolo

Bata o açúcar com as gemas, depois adicione o óleo, o achocolatado dissolvido na água morna e por último a farinha peneirada.

Bate bem a massa e, em seguida, junte as claras batidas em neve. Misture delicadamente e acrescente o fermento em pó.

Leve ao forno pré-aquecido a 180.º C, numa forma sem buraco untada e enfarinhada, durante mais-ou-menos 60 min.

Calda

Leve tudo ao fogo até ferver. Deixe esfriar.

Depois do bolo feito, desenforme-o e após de arrefecido parta-o a meio. Faça furos no bolo com um garfo e regue com a calda.

Recheio e cobertura

Ponha a demolhar as folhas de gelatina em água fria. Bata as natas em chantilly, quando estiverem a ficar duras junte o açúcar, colher a colher, e em seguida junte a essência de baunilha. Escorra bem as folhas de gelatina e derreta-as no microondas com uma colher de água (ou nem tanto) durante 1 min e junte ao preparado (pode parecer que vai ficar liquido, mas depois de ir ao frigorifico a gelatina vai dar de novo a consistência).

Recheie e cubra o bolo com o chantilly. Leve ao frio. Devido à gelatina este bolo, depois de arrefecer aguenta a festa toda em cima da mesa sem derreter, fica um chantilly bem espessinho e gostoso

 Beijos cor-de-rosa❤❤❤

Bolo de chocolate com cobertura de cheesecake

Na segunda-feira que passou os pais do meu namorado fizeram 29 anos de casados e para celebrar a ocasião decidi fazer-lhes um bolo de surpresa todo romântico. Ok, eu acho que já disse isto aqui, mas desta vez… Humm, acho que não fiz bolo tão bom quanto este. Ficou mesmo bom, sobrou uma fatia para o dia seguinte e parecia ainda melhor porque estava ainda mais húmido. É um bolo de chocolate fofo e húmido, fácil de fazer (pelo menos o bolo em si) e óptimo para qualquer altura. Para repetir.

Ingredientes

Bolo

  • 2 chávenas de chá de açúcar
  • 4 ovos
  • 3/4 de chávena de chá de óleo
  • 3/4 de chávena de chá de achocolatado (usei Nesquik)
  • 3/4 de chávena de chá de água morna
  • 2 chávenas de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó

Calda (opcional)

  • 100 ml de licor Mozart Chocolate (ou outro licor de chocolate)
  • 50 ml de água
  • 1 c. de sopa rasa de açúcar

ou

  • 100 ml de leite
  • 3 c. de sopa de achocolatado
  • essência de baunilha q.b.

Cobertura

  • 200 ml de queijo mascarpone
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 200 ml de natas frescas
  • essência de baunilha q.b.
  • 3 folhas de gelatina

Modo de preparo 

Bolo

Bata o açúcar com as gemas, depois adicione o óleo, o achocolatado dissolvido na água morna e por último a farinha peneirada.

Bate bem a massa e, em seguida, junte as claras batidas em neve. Misture delicadamente e acrescente o fermento em pó.

Leve ao forno pré-aquecido a 180.º C, numa forma sem buraco untada e enfarinhada, durante mais-ou-menos 40 min.

Calda

(Fiz a calda com o licor de chocolate.) Leve tudo ao fogo até ferver. Deixe esfriar.

Depois do bolo feito, desenforme-o e após de arrefecido parta-o a meio. Faça furos no bolo com um garfo e regue com a calda.

Recheio e cobertura

Ponha a demolhar as folhas de gelatina em água fria. Bata o queijo mascarpone e junte em fio o leite condensado. Bata as natas em chantilly e junte ao preparado anterior. Junte a essência de baunilha. Escorra bem as folhas de gelatina e derreta-as no microondas com uma colher de água durante 1 min.

Recheie e cubra o bolo com o cheesecake. Decore a seu gosto (sugiro frutos vermelhos ou só morangos). Leve ao frio.

Eu sei que faço muitas vezes bolos de chocolate, espero que não se cansem, mas é porque cá em casa adoram bolos de chocolate e eu gosto mais de fazer bolos sem ser de chocolate quando tenho ovos caseiros, o que nem sempre acontece.
Comentem, façam a receita e digam o que acharam. Beijos doces com corações de açúcar ❤❤❤

Créme Mascarpone Au Caramel

Este creme é muito saboroso para aqueles que apreciam queijo, pois é feito com o queijo mascarpone que, apesar de não ser um queijo forte, como o doce leva outros derivados do leite pode-se tornar forte para aqueles que não apreciam. Eu pessoalmente adoro, e o creme do cheesecake que costumo fazer é muito idêntico a este. O caramelo pode ser substituído por polpa de morando ou polpa de maracujá, como são frutas mais ácidas contrastam muito bem com o doce do creme.

Ingredientes:

  • ½ lata de leite condensado
  • 200g de queijo mascarpone
  • 200ml de natas frias
  • 5 folhas de gelatina
  • 1 c. de café de essência de baunilha
  • caramelo de compra
  • folhas de menta para decorar
 
 

Modo de preparação:

Coloque as folhas de gelatina numa taça com água fria a demolhar. Bata o queijo mascarpone com a batedeira e acrescente em fio o leite condensado (nunca mais de meia lata para não adoçar demais). Misture muito bem e cuidado para não ficar com grumos. Escorra as folhas de gelatina e leva-as ao microondas um minuto para derreterem. Junte ao preparado anterior e misture novamente. Bata as natas com a essência de baunilha e junte à mistura. Depois de tudo muito bem envolvido está pronto para pôr em taças. Regue com um fio de caramelo e decore com um raminho de menta em cada taça. Leve ao frigorífico.

Festinha

Esta foi a festa de aniversário do afilhado do meu namorado. Fiz um bolo de chocolate, que foi dos primeiros bolos que fiz sozinha, e espetadas de guloseimas embrulhadas em papel-plástico com um laço ráfia azul e um cartãozinho com a cara dele que serviram de lembrança para as crianças. Fiz também umas espetas de marshmallows que cobri com chocolate derretido e ficaram admiravelmente muito boas, mas essas foram para comer na festas.

Acreditem, se fizerem espetadas de guloseimas numa festa de crianças elas vão ficar super babadas toda a noite a perguntar quando as podem comer. Vão ter o maior sucesso entre os mais pequenos.

   

Nota: Para fazer as espetadas de guloseimas tenha ao seu lado um pano húmido no qual passa o pau de espetadas antes de pôr cada goma, para esta não encorrilhar. Assim, elas vão permanecer direitinhas e escorregam facilmente pelo pau. Se na festa tiver crianças muito pequeninhas é melhor cortar o bico do pau para elas não se magoarem.

Para as espetadas com chocolate derreti apenas uma barra de chocolate, não misturei nada ao chocolate, para que este, depois de arrefecido ficasse duro e estaladiço que combinava muito bem com a suavidade das gomas marshmallows que eram o recheio. Para a decoração usei confetes de açúcar variados.

Não se esqueçam de fazer like na nossa página do Facebook: Artis Domus.

Beijos de marshmallows :)

Barney’s cake

A minha afilhada adora ver o programa “Barney and Friends”. É o programa preferido dela. Por isso quando ela fez 2 anos decidi fazer este bolinho para ela, não tem nenhuma alusão ao aniversário em si porque eu estudo longe de casa e como ela fez anos à semana só a pude ver via Skype. Mas no fim-de-semana pus mãos à obra e fiz um bolo de baunilha (massa de pão-de-ló) com recheio de massa folhada e creme de pasteleiro, coberto com pasta de açúcar e o seu tão adorado dinossauro Barney. Ela passou-se quando viu o barney tão pertinho dela. Só queria fazer-lhe miminhos e não queria que ninguém comesse o bolo, que de resto, estava. :)

Foi a primeira vez que trabalhei com pasta de açúcar. Que acham?

 

Beijos floridos ❤❤❤

Dois bolos, a mesma receita

Bolo de M&M’s

Estes bolos já os fiz à algum tempo, em épocas diferentes, mas é a mesma receita. O bolo que tem a ancora foi feito para o aniversário de um tio meu, que foi marinheiro; e o outro tem o dobro da receita com um recheio de leite condensado e raspas de chocolate branco, mas já não me lembro como fiz esse recheio.

Bom, vamos lá à receita.

Receita

Bolo 

  • 200g de M&M’s (ou outros amendoins com chocolate)
  • 5 ovos
  • 2 dl de óleo
  • 2 dl de leite
  • 250g de farinha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 200g de açúcar
  • 100g de Nesquik  (ou outro chocolate para leite)

Cobertura

  • 200g de chocolate de culinária (1 tablete)
  • 200g de natas para bater (1 pacote) (uso sempre as da marca mimosa)
 

Preparação

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Barre a forma com manteiga e farinha e pique os M&M’s ate obter um granulado. Reserve. Peneire a farinha, o fermento e o Nesquik. Reserve.

Separe as gemas das claras. Bata as gemas com o açúcar até obter um preparado branco (± 5 a 7min.), juntar o óleo bater mais um pouco. Adicione o leite. De seguida vá juntando a mistura que foi anteriormente peneirada. Por fim, os amendoins e bata tudo muito bem e de forma homogénea (cuidado para não ficar farinha no fundo) .

Juntar as claras em castelos e envolver ao preparado. Levar ao forno por ± 40 min (verificar com um palito).

Montagem

Para a cobertura, parta o chocolate aos pedaços. Leve ao lume as natas e deixe-as ferver, junte o chocolate, retire do lume, e misture tudo até o chocolate estar completamente dissolvido. Cubra o bolo (deixe escorrer o excesso).

Num enfeitei com morangos. No outro enfeitei com granulado de chocolate, não gostei tanto da apresentação, os parabéns não saíram lá muito bem, mas o bolo em si estava delicioso.

Experimentem e comentem a vossa experiência.

Sigam-me no Facebook. Beijos com sabor a M&M’s coloridos. ❤

Crepes de legumes

Esta é uma versão dos crepes de legumes chineses mais saudável, e também um pouco aportuguesada, do que é costume. A diferença entre este crepes e os originais é que estes não são fritos, são feitos no forno, mas continuam com aquele sabor oriental delicioso graças ao molho de soja. Fiz 2 deles numa versão mais aportuguesada (que adorei), uma vez que juntei um pouco de salpicão de lombo caseiro.

Ingredientes (para 6 crepes):

  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 cenoura grande
  • ½ coração pequeno
  • ½ alho francês
  • 1 lata pequena de rebentos de soja
  • 8 cogumelos de conserva
  • bambu
  • salpicão de lombo, sem gordura (opcional)
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de vinagre balsâmico de modema
  • 2 colher de molho de óleo de soja
  • sal q.b.
  • 12 folhas de massa filo (pelo menos)
 

Preparação:

Corte finamente o coração e o alho francês, em seguida corte os cogumelos aos cubos pequenos,rale a cenoura, corte às tiras o bambu (neste receita não meti bambu porque não tinha em casa na altura, mas fica muito bom, dá uma textura mais estaladiça e oriental à receita), por fim corte duas fatias grossas do salpicão e parta-as aos cubos (se desejar juntar carne). Misture tudo muito bem numa bacia, em conjunto com os rebentos de soja (depois de escorridos) e reserva.

Faça um refogado com o azeite, a cebola picada e o alho esmagado . Não necessita que a cebola fique escura, apenas translucida. Adicione o vinagre e desligue o fogão. Junte o refogado com o preparado anterior na bacia, junte o molho de soja e o sal (não muito porque o molho de soja já tem sal; se gostar muito do molho de soja pode até juntar mais um pouco de molho e não pôr sal). Misture tudo muito bem.

Separe as 12 folhas em 3 grupos de 4 folhas cada. Em cada grupo de 4 folhas corte a meio com a ajuda de uma tesoura de cozinha. Temos agora 6 pedaços de massa filo com 4 folhas cada um. Divida o preparado de legumes pelos 6 pedaços de massa filo, e embrulhe-o. Leve ao forno, pré-aquecido a 180 graus, por 20 min. Aos 10 min. cubra com uma folha de papel de aluminio.

Sirva de imediato. Depois de arrefecer a massa não volta a ficar estaladiça; no entanto, optei por esta massa por ser muito mais saudável que a generalidade das massas, baixa em calorias e gordura. Quantas mais folhas assar juntas, mais estaladiça fica a massa, embora, na minha opinião 4 cheguem.

Espero que gostem. Comentem. Beijos salgados.❤❤❤

Noddy’s cake

Este bolo foi feito para um priminho meu que fez 2 anos. Ele adora o noddy, por isso, não tive escolha, senão pôr assas à minha imaginação. Ele ficou maluco com o Noddy do bolo!

Não tirei fotos do interior depois de feito, mas tirei antes de cobrir para vocês verem as camadas. Este foi o segundo bolo que fiz com pasta de açúcar (e o primeiro não era tão elaborado), não tenho nenhum curso de mexer com estas coisas, nem acessórios, por isso, não é tão perfeitinho como muitos que se pode ver na net. Eu faço isto porque gosto, e vou fazendo de acordo com os meus gostos, e da maneira que eu sei, ou como me parece ser. Espero que gostem… A família adorou.

“Além de bonito está muito bom.” – Foi o que eles disseram, hehehe :D

Então, aqui vai a receita:

Ingredientes

  • Bolo de Chocolate
    • 5 ovos
    • 360g de açúcar
    • 240g de farinha
    • 240ml de água morna
    • 100g de Nesquik
    • 170 ml de óleo
    • 1 + ½ colher de chá de fermento
  • Bolo de Baunilha

  • Recheio

    • 200 ml natas
    • ± 3 colheres de sopa de açúcar
    • 50g chocolate em pó (ou + até à cor desejada)
  • Decoração:
    • Pasta de açúcar
 

Preparação

  • Bolo de Chocolate

Pré-aqueça o forno a 180º C. Unte uma forma redonda com manteiga. Peneire a farinha, o fermento e o chocolate e reserve. Misture as gemas com a água morna até formar uma espuma muito volumosa. Junte depois o açúcar aos poucos, mexendo bem. Por fim adicione aos poucos (enquanto vai mexendo) a mistura anterior peneirada. Mexa tudo muito bem bem.

Bata as claras em castelo (adicione uma pitada de sal) e envolva. Adicione o óleo e misture bem, mas devagar.

Leve ao forno por ± 40 min. ou até estar cozinho (teste do palito).

  • Bolo de Baunilha

Veja a receita do bolo aqui.

Montagem
Eu cozi 2 bolos (um de chocolate e outro de baunilha) mais um pequeno para cima. Para o pequeno retirei um pouco das duas massas e fiz um bolo mármore numa forma mais pequena.
Para o recheio fiz chantilly de chocolate: deixe as natas no congelador enquanto faz os bolos. Depois bata as natas com o açúcar até que ganhe a consistência desejada e junte o chocolate.
Com os bolos frios parta-os a meio com uma faca de serra e com a ajuda de uma espátula barre o chantilly no meio dos bolos.
Em seguida, fiz a decoração com a pasta de açúcar. Se não quiser pode deixar o bolo assim mesmo, ou cobri-lo todo com o chantilly. Pode ainda acrescentar ao recheio uns morangos cortados aos cubos e decorar no fim com uns morangos.
O bolo de baunilha já tinha feito e toda a gente adorou… Mas o dechocolate… Fofinho e húmido, tudo o que um bom bolo de chocolate requer. Defeinitivamente um bolo para repetir, e com certeza para ter um post único, só com ele.
Espero que gostem desta receita. Não se esqueçam de deixar um gosto na nossa página no Facebook.
Beijos de chantilly para todos.❤❤❤

Bolo folhado com framboesas

Este bolo faz as delicias de qualquer apreciador de bolos. Tem uma massa mista: fofo por dentro, estaladiço e crocante por fora. Como não tinha muito tempo optei por usar creme de pasteleiro pré-preparado (que comprei na loja Doce Marta em Famalicão) e massa folhada fresca pronta a usar.

A massa é de pão-de-ló, pelo que é um bolo um pouquinho mais seco em relação àqueles que costumo fazer, mas com o creme encontra-se um excelente balanço para o bolo perfeito.  É óptimo para servir com um chá ou um chocolate quente nos dias como os de hoje, chuvosos, em que só apetece ficar em casa no quentinho.

 

Ingredientes

  • Bolo:
    • 5 ovos
    • 200g de açúcar
    • raspa de 1 limão
    • 110g de farinha para bolos
    • 1 + ½ colher de chá de fermento
    • 30g de amido de milho (maisena)
    • 2 colheres de sopa de leite bem aromatizado com baunilha
  • Decoração:
    • 1 chávena do preparado do creme de pasteleiro
    • 2 folhas redondas de massa folhada
    • 1 gema
    • 2 colheres de sopa de leite bem aromatizado com baunilha
    • 1 saco de amêndoa palitada
    • açúcar em pó q.b.
    • framboesas
Preparação

Pré-aqueça o forno a 180º C. Unte uma forma redonda com manteiga e forre o fundo com papel vegetal também untado. Para isso, desenhe um circulo no papel vegetal com a ajuda da forma, recorte o papel, e coloque depois o papel untado no fundo e polvilhe tudo com farinha. A razão do papel vegetal é porque bolos com pouca farinha tendem a colar-se às formas, e assim não corre risco, porque com o papel tem a certeza que o bolo não cola ao fundo, e dos lados, se sentir que o bolo não se desprende, pode sempre passar uma faca com cuidado.

Peneire a farinha, o fermento e a maisena. Reserve.

Passe as gemas por um coador com buracos relativamente largos. (Sabe aquele “sabor a ovo” que não gostamos nada quando às vezes comemos um bolo, ou um molotof, por exemplo? Pois bem, isso deve-se a uma pequena película que ovo têm à volta da gema, por isso, convêm que ela seja bem destruída para não se sentir o sabor no bolo. Isso é o que acontece quando passamos as gemas pelo coador.)

Bata as gemas, o açúcar e a raspa de limão, até ficarem fofas e esbranquiçadas (± 5 minutos na velocidade máxima). Aos poucos junte a metade da mistura da farinha e bata até ficar combinado, junte o leite aromatizado e bata novamente. Posteriormente junte a restante farinha e bata até obter uma massa homogénea.

Junte às claras uma pitadinha de sal. Bata as claras em castelo até ficarem bem firmes. Aos poucos e delicadamente envolva as claras na massa. Envolva cuidadosamente até ficar homogéneo.

Coloque a massa na forma anteriormente preparada e leve ao forno. Quando o bolo começar a ganhar cor, tape com uma folha de alumínio e deixe cozer. Ele cresce muito.

Quando o bolo estiver cozido (teste do palito no centro do bolo) retire do forno e deixar arrefecer um pouco antes de retirar da forma. Posteriormente desenforme-o e com a ajuda de uma faca do pão apare o bolo (corte o minimo a toda a volta para que o creme cole ao bolo).

Estenda as duas folhas de massa folhada, ponha a forma do bolo por cima e corte a toda a volta com a ajuda de uma faca. Depois corte essas duas folhas às tiras e entrelace-as uma na outra em cima de uma folha de papel vegetal. No fim, para acertar, volte a colocar a forma por cima das folhas entrelaçadas e corte outra vez. Como referi, eu usei massa fresca, aquelas que se encontram no supermercado ao pé dos iogurtes, no entanto, também pode ser utilizada massa folhada congelada, para isso deixar descongelar totalmente antes de utilizar.

Coloque a folha de papel vegetal com a massa folhada entrelaçada no tabuleiro do forno. Pincele a massa com uma gema de ovo batida. Leve ao forno no máximo, por 15 min. ou até a massa folhada crescer e ficar com um tom douradinho, retire do forno e deixe arrefecer completamente antes de pegar nela, se não ela vai quebrar.

Espalhe a amêndoa palitada no tabuleiro do forno e, na temperatura máxima, leve ao forno por ± 5 min, ou até ficarem douradas. Cuidado para não deixar queimar.

Para o creme de pasteleiro, a receita é: uma medida do preparado, mais uma medida de açúcar, mais 2 medidas de água. A primeira vez que o usei fiz isso, mas não gostei, achei muito doce. Eu faço: uma medida do preparado, mais 2 medidas de leite (ou mais ainda).

Coloque o bolo numa grelha de diâmetro mais pequeno (ou numa bacia voltada ao contrário também de de diâmetro mais pequeno que o bolo). Pincele o bolo com o leite aromatizado. Barre o bolo com creme de pasteleiro. Nas laterais do bolo, decore com a amêndoa palitada e por cima coloque a massa folhada entrelaçada.

Decore o bolo com framboesas e polvilhe com açúcar em pó.

 

Experimente e comente a sua experiência.

Sigam-me no Facebook.

Beijos com sabor a baunilha e framboesas.❤

Bolo de chocolate com manteiga de amendoim

Já há algum tempo que queria fazer um bolo com recheio de manteiga de amendoim. O meu namorado fez anos e, ele não liga muito a bolos, mas gosta muito de amendoins, por isso, decidi que esta era a minha oportunidade. Definitivamente, é um bolo para repetir, ficou óptimo. A manteiga de amendoim conjugou na perfeição com o sabor do chocolate. Como era um dia especial fiz um bolo de dois andares, mas é claro que não necessita de ser assim, mesmo na decoração sinta-se à vontade para criar e, acima de tudo, divertir-se.

Ingredientes

Bolo 

  • 200g de M&M’s (ou outros amendoins com chocolate)
  • 5 ovos
  • 2 dl de óleo
  • 2 dl de leite
  • 250g de farinha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 200g de açúcar
  • 100g de Nesquik  (ou outro chocolate para leite)

Recheio

  • ½ frasco de manteiga de amendoim (usei marca Pingo Doce)

Cobertura

  • 200g de chocolate de culinária (1 tablete)
  • 200g de natas para bater (1 pacote) (uso sempre as da marca mimosa)
  • Morangos q.b.
  • Raspas de Chocolate q.b.

  

Preparação

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Barre a forma com manteiga e farinha e pique os M&M’s ate obter um granulado. Reserve. Peneire a farinha, o fermento e o Nesquik. Reserve.

Separe as gemas das claras. Bata as gemas com o açúcar até obter um preparado branco (± 5 a 7min.), juntar o óleo bater mais um pouco. Adicione o leite. De seguida vá juntando a mistura que foi anteriormente peneirada. Por fim, os amendoins e bata tudo muito bem e de forma homogénea (cuidado para não ficar farinha no fundo) .

Juntar as claras em castelos e envolver ao preparado. Levar ao forno por ± 40 min (verificar com um palito).

Repeti este processo duas vezes (porque ficava muito difícil se tivesse de mexer duas receitas ao mesmo tempo). Da segunda vez, como sobrou um pouco de massa, (devido à forma ser mais pequena) fiz aí uns 6 muffins.

Montagem

Para este bolo em si, como já referi, usei o dobro dos ingredientes, inclusive no recheio e na cobertura.

Primeiro corte os dois bolos a meio com a ajuda de uma faca do pão (aquelas compridas de serrilha). Atenção, se nunca cortou bolos para recheios, lembre-se disto de agora em diante: os bolos tem de ser cortados quando estiverem arrefecidos (sempre!) porque quando estão quentes ainda estão moles, sem consistência, e vão-se desfazer.

Em seguida, com a ajuda de uma espátula (ou das costas de uma colher) barre a manteiga de amendoim no interior do bolo (eu usei uma camada fininha e bastou). Se necessário molhe a espátula com água fria para a manteiga não colar. Feche os bolos e disponha-os em cima de 2 grelhas separados (ou em cima de uma vazia com um diametro mais pequeno, por exemplo).

Para a cobertura, parta o chocolate aos pedaços. Leve ao lume as natas e deixe-as ferver, junte o chocolate, retire do lume, e misture tudo até o chocolate estar completamente dissolvido. Cubra o bolo (deixe escorrer o excesso).

Para colar o bolo um ao outro barre um pouco de manteiga de amendoim no centro do bolo maior, e ponha o mais pequeno por cima. De seguida enfeite com morangos e raspas de chocolate.

Experimentem e comentem a vossa experiência.

Sigam-me no Facebook. Beijos com sabor a manteiga de amendoim. ❤

Pink Lemonade

Limonada cor-de-rosa é linda e saborosa para dar um toque chique à sua mesa em festas de amigos, aniversários, etc. Existem várias versões, mas todas elas são fáceis. Vou dizer como fiz esta aqui.

Ingredientes:

  • 1 limão grande
  • 2 l. de água
  • 3 amoras vermelhas
  • 3 ou 4 c. sopa de açúcar
  • gelo
  • 1 limão e 1 ramo de hortelã para decorar (não tinha hortelã em casa quando fiz, mas fica lindo)

Preparação:

Esprema o limão para um jarro de vidro (cuidado com os caroços), junte um pouco da água, o açúcar (para já junte só duas colheres; aqui em casa sempre gostaram dos refrescos docinhos, mas na verdade pode usar o açúcar que quiser) e as amoras e rale tudo com a varinha mágica (eu não tenho liquidificador, mas se tiver, é melhor fazer nele). Quando as amoras estiverem bem desfeitas acrescente a restante água e o gelo. Prove o sumo e se necessitar de mais açúcar, acrescente. Para decorar corte duas rodelas de limão e deixe-as a flutuar junto com um raminho de hortelã e com o gelo no cimo do refresco.

Foi a primeira vez que fiz este sumo, mas já o queria fazer à muito tempo. É realmente lindo, e adoro o sabor, mas para a próxima acho que só ponho uma ou 2 amoras no máximo porque acho que ficou um pouco escuro, gostava dele mais cor-de-rosa claro.

Experimentem e comentem a vossa experiência.

Sigam-nos no Facebook.

Tarte de frango

Esta tarte é ideal para aqueles dias em que lhe apetece fazer uma refeição saborosa, mas não tem tempo. É muito fácil. Eu optei por massa folhada congelada para ser mais rápido, (se fizer como eu deixe-a descongelar segundo as instruções, acho que 15 min. à temperatura ambiente). Mesmo aqueles que não se consideram grandes cozinheiros vão surpreender-se com os elogios. Além disso, pode ser congelada, o que torna útil em muitas situações (se for para a congelar, faça-o com a massa crua, e descongele-a ao mesmo tempo que cozinha no forno por 40 min. ±).

Esta tarde é ideal para lanches ajantarados e festas de aniversário tipo “copo de água” pois, é igualmente saborosa fria ou morna e, além disso, tem textura para se comer com o guardanapo, sem sujar pratos.

Então aqui vai a receita,

Ingredientes:

  • 1 cebola
  • azeite q.b.
  • 1 peito de frango
  • 5 salsichas
  • 3 fatias de salsichão
  • 2 ovos cozidos
  • oregãos q.b.
  • sal q. b.
  • picante q.b.
  • 2 colheres de sopa de ketchup
  • vinho branco
  • 2 folhas redondas de massa folhada
  • 2 ramos de salsa (1 para decorar)
  • 1 gema de ovo

Preparação:

Faça um refogado com a cebola e o azeite, parta aos bocados o peito de frango, tempere-o a gosto com sal, picante, vinho branco e deixe-o estufar. Junte os oregãos. Quando o frango estiver quase estufado junte o ketchup, e as salsichas e o salsichão, tudo partido aos bocados. Quando estiver tudo bem estufado desligue o lume e junte o ovo cozido partido aos bocados e um ramo de salsa picada.

Numa tarteira coloque uma folha de massa folhada espalmada contra o fundo, deite o preparado e cubra com a outra folha. Com os dedos amasse as duas folhas de lado para que fiquem coladas uma à outra. Se necessário corte os excessos de massa com uma tesoura de cozinha. Pincele uma gema de ovo por cima da massa (se tiver ovos caseiros é melhor, fica com uma cor mais bonita).

Leve ao forno ao forno por 30 min., ou até que a massa esteja bem douradinha.

O bolo das riscas verticais

Aqui vai uma deliciosa receita de um bolo de baunilha e chocolate diferente do normal.

Este bolo é diferente do normal porque é às camadas verticais em vez das camadas horizontais que normalmente estamos habituadas a ver. É um pouco mais trabalhoso do que o tradicional bolo de camadas horizontais, mas no final compensa porque o resultado visual é fabuloso, além de que, acho que traz um gosto diferente e melhor, pois o bolo acaba por levar mais camadas, o que significa que fica mais húmido e gostoso devido ao recheio. Além disso, ele foi feito em homenagem a alguém muito especial, e toda a gente adorou. Acho que nunca fiz bolo tão grande que acabasse tão rápido.

Ingredientes

  • Bolo de Baunilha
    • 6 ovos
    • 200g de açúcar
    • 2 colher de açúcar baunilhado
    • 200g de farinha
    • 1 colher cheia de chá de fermento
    • 60ml de leite
  • Bolo de Chocolate
    • 6 ovos
    • 200g de açúcar
    • 160g de farinha
    • 125g de chocolate em pó
    • 1 colher cheia de chá de fermento
    • 60 ml de leite
  • Cobertura:
    • 400ml de natas (ou mais) [1]
    • 2 colheres de sopa de limão
    • açúcar a gosto
    • 1 colher de açúcar baunilhado
    • Licor a gosto [2]
    • 20g de coco ralado
    • frutos vermelhos q.b. (para decorar)

Preparação

Bolo de Baunilha:

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar um tabuleiro rectangular, aquele que bem com o forno, porque é suposto o bolo ficar bem baixinho para ser fácil enrolar, forrar o fundo da forma com papel vegetal também untado. Polvilhar com farinha.

Peneirar a farinha e o fermento. Reservar.

Com a batedeira na velocidade máxima bater as gemas, 100g de açúcar, o açúcar baunilhado e o leite até obter uma mistura fofa, espessa e volumosa (entre 7 a 10 minutos).

Numa taça à parte, juntar as claras e o sal e bater as claras em castelo. Quando estas começarem a espessar juntar aos poucos o restante açúcar (100g) e continuar a bater até ficarem firmes.

Juntar metade das claras à mistura das gemas e envolver suavemente (sem bater!) até ficar homogéneo. Posteriormente, juntar as restantes claras e envolver novamente. Aos poucos juntar a mistura da farinha e continuar a envolver suavemente, até obter uma mistura homogénea. Certifique-se que no fundo da taça não existe farinha por incorporar.

Transferir a massa para o tabuleiro previamente preparado, com a ajuda de uma espátula espalhar a massa. Levar ao forno até estar cozido (teste do palito). Retirar do forno, com a ajuda do papel vegetal retirar o bolo da forma e deixar arrefecer numa grelha.

Bolo de Chocolate:

Peneirar o chocolate em pó com a farinha e o fermento. Proceder de forma igual ao bolo de baunilha.

Cobertura:

Sabem aqueles copinhos altos de plástico que vem com a varinha mágica? Eu utilizo sempre eles para fazer chantilly, e fiz um pacote de natas de cada vez (200ml) para ser mais fácil e rápido ganhar a consistencia desejada. Colocar as natas numa taça bem limpa e seca. Começar a bater as natas numa velocidade média, juntar uma colher de sumo de limão e passado segundos passar para a velocidade máxima. Quando estas começarem a espessar, juntar aos poucos o açúcar (eu juntei duas ou três colheres – vá provando!) e o açúcar baunilhado. Bater até ficar bem firme (se ainda assim não consegue chegar à textura desejada pode usar um pouco de emulsionante). Reservar no frigorífico até utilizar.

Montagem:

Aparar as pontas de bolo (para que ele possa absorver a húmidade do recheio e fique igual por todo) e cortar o bolo de chocolate em tiras com aproximadamente 5 cm de largura (é muito importante que todas as tiras tenham aproximadamente a mesma largura. Facilita cortar uma tira de papel com a largura pretendida, colocar em cima do bolo e cortar uma tira de bolo com o mesmo tamanho – como se vê na imagem.). Repetir o procedimento para o bolo de Baunilha.

Com um pincel humedecer bem os bolos com o licor – isto vai dar ao bolo um sabor óptimo, tem é que ser um licor que você goste. Espalhar por cima das tiras de bolo, uma fina camada de natas batidas (aproximadamente 3 colheres de sopa por cima de cada bolo). Polvilhar com o coco ralado.

No prato de servir, começar por enrolar uma tira de chocolate (a parte do creme deve ficar para dentro e deve enrolar de forma a que não fique espaço vazio no centro do bolo).

Enrolar uma tira de bolo de baunilha (a tira de bolo deve começar no sítio onde acabou a anterior, evitando deixar espaços vazios no interior do bolo) , repetir o procedimento para outra tira de bolo baunilha. Posteriormente repetir o processo para 2 tiras de bolo de chocolate, seguidas por 3 tiras de bolo de baunilha e terminar com 2 tiras de chocolate.

Cobrir o bolo com chantilly, reservando um pouco para a decoração se quiser. Para as letras usei um pouquinho de chantilly com amoras negras raladas na varinha mágica.


[1] Para bater as natas bem firmes, colocar no congelador 20 minutos antes de utilizar. Eu costumo usar as natas especiais para bater da mimosa, do pacotinho verde, são as que funcionam melhor comigo.

[2] Pode ser Malibu, leite aromatizado com baunilha, etc. Eu usei uma ginginha caseira de 2005 deliciosa.

Bolo de cenoura com calda de chocolate

Ingredientes:

Bolo

  • 4 cenouras
  • 1,5 dl de óleo
  • 4 ovos
  • 300 gr. açúcar
  • 250 gr. Farinha
  • Raspa de 1 laranja e meia cenoura

Calda

  • 1 tablete de chocolate (200 gr.)
  • 50 gr. de manteiga
  • 3 a 5 colheres de leite

Modo de preparação:

Coza as cenouras descascadas, com uma casca de limão e um pau de canela.

Enquanto isso, ligue o forno para pré-aquecer, e unte uma forma com manteiga e farinha. A forma pode ser com ou sem buraco, quanto a mim, desta vez decidi usar a forma com buraco porque acho que dá aquele ar mais de tradicional, de bolo da avózinha.

Depois de cozidas, desfaça as cenouras em puré. Pode esmagar com um garfo (nesse caso nem precisa da metade da cenoura ralada porque se vai notar mais os grumos da cenoura), ou pode ser com a varinha mágica (foi o que eu fiz desta vez).

Bata a cenoura, com o óleo, o açúcar e os ovos inteiros.

Junte pouco a pouco a farinha, o fermento e a raspa de laranja.

Leve o bolo ao forno a 180º durante cerca de 40m.

Leve o chocolate partido aos pedaços, a margarina e o leite ao lume brando e derreta, e quando o bolo estiver morno vá pondo às colheradas de calda por cima do bolo e deixe ele absorvê-la. Atenção, isto é uma calda, e não uma cobertura de chocolate, ou seja, esta é muito liquida pois é suposto o bolo absorver.

Esta receita é super fácil e deliciosa. É um bolo húmido e fofo, que toda a gente adora. A calda de chocolate não faz falta para o tornar mais húmido, é só uma questão de gulice.

Há quem faça bolos de cenoura com a cenoura crua, ralada. Eu já fiz, mas pessoalmente gosto muito mais desta receita porque ao cozer as cenouras o bolo fica muito mais húmido.

Qualquer dúvida, ou dica que queiram dar falem comigo. Espero que experimentem e que gostem,

Eva.